sexta-feira, 5 de junho de 2015

8º BPM - SALGUEIRO PE

3º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR (BATALHÃO AGAMENON MAGALHÃES, SEDIADO NA CIDADE DE SALGUEIRO-PE, INAUGURADO EM 30 DE AGOSTO DE 1982

quarta-feira, 9 de maio de 2012

4° BPM - CARUARU-PE


O 4º Batalhão de Polícia Militar, está atualmente situado no KM 67 da BR - 104, no município de Caruaru, sendo subordinado ao Comando de Policiamento do Agreste (CPA - 1), também sediado nesta cidade.
Foi criado pelo Decreto-Lei nº 4773, de 25 de outubro de 1963, publicado no Diário Oficial do Estado de Pernambuco nº 241, de 26 de outubro de 1963.

No dia 27 de junho de 1969, foi instalado num prédio localizado no Bairro Petrópolis, onde até então alojava a Companhia de Patrulhamento e Treinamento que, até àquela data, era a responsável pelo policiamento ostensivo da capital do Agreste e pela área atualmente subordinada ao 2º BPM.

No dia 30 de setembro de 1969, mudou-se para o prédio onde funcionava uma Escola da Cruzada ABC, hoje Escola Elizete Lopes de Lima Pires, localizada na Rua Cristo Redentor, Bairro Caiucá. Finalmente, a 19 de dezembro de 1974, instalou-se em definitivo no atual prédio, que foi construído para ser o terminal rodoviário de Caruaru, que foi desapropriado pelo Governo do Estado e doado à Polícia Militar de Pernambuco, onde foram feitas as devidas adaptações, tornando-o apto a oferecer condições de abrigar uma Unidade Militar.

Através do Decreto nº 7963, de 12 de maio de 1982, recebeu a denominação de “Batalhão Barreto de Menezes”, em homenagem à figura histórica que comandou bravamente as tropas luso-brasileiras, na 2ª Batalha dos Guararapes.

O 4º BPM participa ainda dos eventos em sua área de atuação, proporcionando segurança e mantendo a Ordem Pública, destacando-se dentre os eventos principais o “São João de Caruaru”, considerado o maior e melhor do mundo, o “Festival de Jericos”, em Panelas, o tradicional “Carnaval dos Papangus”, em Bezerros, a histórica Caminhada de Frei Damião, em São Joaquim do Monte, e muitos outros, além do policiamento executado nos jogos dos Campeonatos Brasileiro e Pernambucano de Futebol, que ocorrem no Estádio Pedro Victor de Albuquerque e no Estádio Antônio Inácio de Souza, nesta cidade, e noutros municípios da região.

O 4º BPM – Barreto de Menezes procura, através de suas operações e ações policiais, cumpre a finalidade básica da Polícia Militar: manutenção da Ordem e da Segurança Pública, alicerçado no esforço e na dedicação de cada um de seus integrantes, isoladamente, e na força que seu conjunto proporciona, para o bem-servir à Comunidade, e aos que, de alguma forma, buscam na Polícia Militar de Pernambuco um apoio ou uma solução.
fonte: site do 4° BPM-PMPE

domingo, 15 de agosto de 2010

História do Batalhão Escolar do Distrito Federal



O Batalhão Escolar surgiu da necessidade de se oferecer maior tranquilidade e segurança à Comunidade Escolar. A idéia da necessidade de um policiamento exclusivo para as escolas, surgiu de uma reunião com membros da Fundação Educacional do DF, em setembro de 1988,JÁ neste período a polícia militar do distrito federal PMDF começou a formar Policiais Militares voltados para esse fim objetivando a implantação do Policiamento Escolar, em novembro do mesmo ano através do Decreto nº 11.958 foi criado o Batalhão Escolar.


O Batalhão Escolar atua com a modalidade de Policiamento Ostensivo Escolar a Pé, motorizado em viaturas e motocicletas, com o foco voltado à Comunidade das Escolas Públicas e Particulares do Distrito Federal, realizando diversas operações, entre elas destacam-se: Operação Escola Livre, Varredura, Blitz e Bloqueio Escolar, bem como auxiliando a travessia nas faixas de pedestres existentes no perímetro das escolas, tendo por objetivo a manutenção da paz e tranquilidade no ambiente escolar.

Ao longo dos anos, o Batalhão Escolar capacitou operadores de segurança pública para ministrarem palestras aos diretores, professores, orientadores educacionais, alunos, pais e servidores das escolas transmitindo informações importantes para proporcionar segurança aos integrantes da Comunidade Escolar.

As ações integradas realizadas pelo Batalhão Escolar, Secretaria de Estado de Educação, Secretaria de Estado de Segurança Pública, Ministério Público, Conselho Tutelar, sociedade civil, entre outros envolvidos, têm sido responsáveis pela segurança percebida pela Comunidade Escolar no âmbito do Distrito Federal.
Atualmente o batalhão escolar, com sua atuação firme, transmite a sensação de segurança aos alunos, professores e funcionários, bem como aos moradores do perímetro e adjacências das escolas.
FONTE: SITE DO BATALHÃO ESCOLAR DE BRASÍLIA

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

1º BPM-PMBA - FEIRA DE SANTANA


O Primeiro Batalhão de Polícia Militar de Feira de Santana foi criado pela Lei nº 005, de 27 de outubro de 1891. Sediado inicialmente em Salvador, em 07 de setembro de 1956 foi transferido para Feira de Santana, ficando instalado na antiga Casa de Misericórdia, situada na Praça da Matriz, onde permaneceu durante vinte e oito anos. Em outubro de 1984, foi transferido para as atuais instalações.
Esta Unidade tinha como área de responsabilidade trinta e sete municípios, porém, as então 4ª Cia PM/Santo Estevão, 5ª Cia PM/Santo Amaro e 6ª Cia PM/Serrinha, por força dos Decretos nº 7315, 7304 e 7298, de 06 de maio de 1998, foram transformadas, respectivamente em 37ª CIPM, 20ª CIPM e 31ª CIPM, ficando, única e exclusivamente, com a responsabilidade de efetuar o policiamento ostensivo no município de Feira de Santana.
Com 1.374 Km2 e uma população de aproximadamente 500.000 habitantes, o município de Feira de Feira de Santana é onde se localiza a nossa sede. Sendo a segunda cidade do estado da Bahia, tanto em população quanto em área, com o entroncamento rodoviário das BR-116 e BR-101, um dos maiores do Norte/Nordeste do país, a cidade acolhe diariamente e incorpora à sua população fixa, expressivo número de pessoas em trânsito ou em busca de maiores oportunidades.
DESIGNAÇÕES DO 1 º BPM
27/10/1891 - Lei nº 005 - Criação do 1º Corpo de Regimento Policial.
23/01/1892 - Ordem do Dia: Instalação do Corpo.
31/12/1898 - Lei nº 262 - Ordem do Dia: 1º Batalhão da Brigada Policial.
31/12/1903 - Decreto nº 216 : 1º Corpo do Regimento Policial.
04/01/1912 - Registro de detalhe: 1º Batalhão de Infantaria.
27/06/1913 - Lei nº 989 - 1º Batalhão de Caçadores.
07/09/1956 - Decreto nº 16.640 - BG/O de 09/09/1956 - Transfere para a cidade de Feira de Santana a sede do 1º BC.
18/12/1956 - BI/O nº 563. Instalação do Batalhão na cidade de Feira de Santana.
21/12/1957 - Lei nº 993 - BG/O de 02/01/1958: 1º Batalhão de Polícia.
19/12/1967 - Decreto nº 20.508: BG/O de 09/01/1968: 1º Batalhão de Polícia Militar de Feira de Santana.
15/01/1968 - Supl/LJNG nº 03: "Recomendação: Os Corpos de Tropa abaixo passam a ser assim identificados: ... 1º BP/FS - 1º BPM/FS - "Batalhão Maurício Ferreira".

domingo, 11 de outubro de 2009

2º BPM - CAMPINA GRANDE


Sediado em Campina Grande-Pb, o 2º Batalhão de Polícia Militar, “O Guardião do Planalto da Borborema”, foi criado pelo decreto nº 1.353 de 20 de fevereiro de 1925, tendo sua criação sendo motivada pelo crescente banditismo que assolava o Sertão Paraibano. Sua sede primeira foi na cidade de Patos-PB. À época da criação do 2º BPM, comandava a Polícia Militar o Ten. Cel. PM ELÍSIO AUGUSTO SOBREIRA, tendo sido designado o Cap. PM IRINEU RANGEL FARIAS para organizar e chefiar a nova Organização Policial Militar. Sob o comando do Cap. PM Irineu Rangel Farias, o 2º Batalhão travou lutas contra a Coluna Prestes, em 1926, no Vale do Piancó; o Levante de Princesa Isabel, em 1930. O 2º Batalhão ainda participou da tomada do poder e conseqüente expulsão de Washington Luís, em 1930; e da Revolução Constitucionalista de 1932, quando a Polícia Militar da Paraíba enviou tropas a São Paulo, sob o comando do Cel. PM Elísio Sobreira. Hoje o 2º Batalhão encontra-se instalado em um amplo quartel, constituindo-se num dos principais cartões de visita de Campina Grande, pela sua arquitetura e valor histórico, contando em seu interior com uma Quadra de Esporte, Campo de Futebol, Sala de Musculação, Capela em homenagem a Nª. Sª de Fátima e um Templo Evangélico. Além de proporcionar a segurança do Planalto da Borborema, sua principal finalidade, o 2º BPM se integra à comunidade através de sua Banda de Música, composta de 25 músicos; da Creche, composta atualmente de 16 funcionários, sendo que 14 civis, onde tem a capacidade de atender em média a 100 crianças; e do Ambulatório Médico, que atende em várias especialidades clínicas: Clínica Geral, Obstetrícia e Ginecologia, Cardiologia, Gastroenterologia, Pediatria, Ortopedia, além de Odontologia e Psicologia. Dividido operacionalmente em 05 Companhias, sendo que duas Companhias na Sede – 9ª Cia PM (operacional) e a 10ª Cia PM (Companhia de Trânsito); a 7ª Cia PM (destacamento), na cidade de Boqueirão-PB; a 8ª Cia PM, sediada na cidade de Monteiro-PB; e a 6ª Cia PM, sediada na cidade de Cuité-PB. A sua área de atuação abrange um total de 69 cidades e alguns Distritos, perfazendo um total de 21.548,0 Km², com uma população superior a 967.877,00 mil habitantes, compreendendo na Sede aproximadamente 372.366 mil habitantes.

3º BPM - PMMA




Brasao 3º BPMOriginado da 3ª Companhia Independente da Cidade de Barra do Corda, a partir de 1974, quando ocorreu a interio-rização da PMMA, quando na época governava o Estado do Maranhão, o Dr. Pedro Neiva de Santana, sendo o Secretário de Segurança Pública, o Cel. Paulo Maranhão Aires e o Comandante Geral da PMMA, o Cel. de Exército Carlos Alberto Salim Dualibe. Em 1977, o 3ºBPM tivera sua sede transferida para a Cidade de Imperatriz.A população de Imperatriz recebeu com entusiasmo a inauguração, no dia 2 de maio, do Quartel da PMMA. O ato fora presidido pelo Governador Pedro Neiva de Santana, contando com a presença de destacadas figuras civis, militares, religiosas e com grande público.A nova Unidade da PMMA construída no setor urbano de Imperatriz tem capacidade para alojar 150 homens, número do efetivo do Batalhão no citado município. Em uma área coberta de 1.600 m2, o Quartel custou Cr$ 553.106,18 (quinhentos e sessenta e três mil, cento e seis cruzeiros e dezoio centavos), constituindo-se na época, um dos mais modernos do Estado.A inauguração constou de recepção ao Governador, que hasteou a Bandeira do Brasil e ao Coronel Dualibe, que executou o hasteamento da Bandeira do Maranhão, sendo em seguida descerrada a placa alusiva ao evento.O Coronel Dualibe realizara a leitura da ordem do dia, salientando que a PMMA estava jubilosa em poder entregar à comunidade maranhense, mais um quartel cuja finalidade seria manter a ordem e estabelecer a tranquilidade pública, garantindo o desenvolvimento da sua área de atuação.O governador Pedro Neiva de Santana, textualmente disse:Coronel Dualibe, não há dúvida de que a própria população já testemunha o efeito de uma Polícia diferente, repleta de entusiasmo e voltada para a sua missão. Sente-se inclusive, mercê desse desempenho o interesse das Organizações Federais, em nos ajudar no setor permitindo a ampliação do programa e cobrindo novas áreas havidas de trabalho e segu¬rança. (FONTE)Diversas autoridades presenciaram esse ato solene: o Prefeito de Imperatriz, António Bayma Pereira; o Comandante do 5º BIS, Major Júlio Ayoub Nagem, instrutor da PMMA; o Major José da Costa Goular; e o Tenente-Coronel PM, Néon Oscar Pereira, Diretor do Departamento de Trânsito do Mara¬nhão (DETRAN-MA); o Secretário de Segurança, Paulo Maranhão Ayres; o Secretário da Fazenda, Jaime Santana; além de Prefeitos e outras autoridades. Em homenagem ao Gover¬nador, estudantes imperatrizenses desfilaram, demonstrando gratidão e disciplina.Em 8 de outubro de 200, através do Decreto n° 18.215, o 3º BPM, unidade operacional do Comando do Policiamento do Interior com sede em Imperatriz, tivera sua área de responsabilidade alterada, passando a partir de então, a ser de sua jurisdição as Cidades de: Amarante do Maranhão, Buriti-rana, Campestre do Maranhão, Davinópolis, Estreito, Gover¬nador Edison Lobão, Governador Ribamar Fiquene, João Lisboa, Lajeado Novo, Montes Alto, Porto Franco, São João do Paraíso, Senador La Roque e Sítio Novo.
FONTE: SITE DA PMMA

2º BPM - PMMA


O 2º Batalhão de Polícia Militar fora inaugurado em 31 de março de 1973, tendo sido seu Quartel instalado inicialmente, no povoado denominado Livramento, às margens da BR-316, no Município de Co-roatá, a princípio teria sua sede instalada na Cidade de Baca-bal, porém por questões estratégicas devido à localização geográfica, o Governo do Maranhão resolveu instalá-lo na¬quele povoado, onde por vários anos serviu de sede para esse Batalhão.Em 1o de agosto de 1974, fora criada a 2a Companhia de Policiamento do 2o BPM, a qual teria suas instalações físicas sediadas no Município de Caxias (MA), e que viria servir para a instalação da sede do 2° BPM, sendo seu primeiro comandante, o então 2° Tenente PM José Ribamar Silva.Em 14 de setembro de 1981, em obediência ao Decreto n° 8.146, de 19 de junho desse mesmo ano, a sede do 2º BPM fora transferida do Povoado de Livramento para a Cidade de Caxias, onde permanece atá hoje, tendo como primeiro Comandante Zaqueu de Araújo. A inauguração do 2º BPM é considerada um momento histórico para a PMMA, ocorrendo em 31 de março de 1973, no Governo Pedro Neiva de Santana, quando da comemoração do aniversário da Revolução de março de 1964. Estava sendo realizada naquele momento, a velha aspiração administrativa de interiorização da PMMA, idealizada pelo então Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Carlos Alberto Salim Dualibe.Essa idealização ficara marcada com a presença de várias autoridades da época. Além do Governador e do Comandante Geral, encontravam-se presentes ainda, o Coronel Hidemburgo Coelho de Araújo; o Comandante do 24° BC, Coronel Paulo Maranhão Aires; o Secretário de Segurança Pública do Estado, Josélio Fernandes Carvalho Branco; o Secretário de Saúde do Estado e o Deputado Luiz Rocha.Durante a solenidade, o Coronel Dualibe discursou afirmando:[...] iniciamos hoje a efetivação de um antigo ideal desta Corporação: a interiorização da Poiícia Militar do Estado, o significado deste evento, por vós conhecido; o alcance imediato deste acontecimento se fará sentir na sociedade Maranhense, mormente se atentarmos para o fato de que não se concilia o desenvolvimento sem a Segurança. (FONTE)No Comando do Coronel PM José Nogueira Lago, em 8 de outubro de 2001, através do Decreto n° 18.215, o 2º BPM, unidade operacional do Comando do Policiamento da Interior, com sede em Caxias, tivera sua área de responsabilidade alterada, passando a partir de então, a fazer parte de sua jurisdição as cidades de: Afonso Cunha, Aldeias Altas, Coelho Neto, Duque Bacelar e São João do Sóter.
Atualizado em ( 31-Jul-2009 )
FONTE: SITE DA PMMA

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS
O QUE VOCÊ QUER PESQUISAR, VOCÊ ENCONTRA EM UM ÚNICO LOCAL, NO "PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS", A MAIOR FONTE DE INFORMAÇÕES ANTIGAS E ATUAIS DE MINHA QUERIDA E AMADA TERRA POTIGUAR, COM 15 BLOGS, 1300 LINKS, DOIS ORKUTS, UM YOUTUBE, UM FACEBOOK,UM TWITTER, UM MSN E UMA PÁGINA MUSICAL, TOTALIZANDO 1322 ENDEREÇOS ELETRÔNICOS NA WEB. CRIADO A 29 DE OUTUBRO DE 2008 (QUARTA-FEIRA), PELO STPM JOTA MARIA, COM A COLABORAÇÃO DE JOTAEMESHON WHAKYSHON, JULLYETTH BEZERRA E JOTA JÚNIOR # 100 % NORTE-RIO-GRANDENSE. ACESSE E CONFIRA!

SUBTENENTE PM JOTA MARIA

SUBTENENTE PM JOTA MARIA
HONESTIDADE, HUMILDADE E SINCERIDADE

Quem sou eu

Minha foto
Jose Maria das Chagas, nasci no sítio Picada I. em Mossoró-RN,filho do assuense MANUEL FRANCISCO DAS CHAGAS e da mossoroense LUZIA FRANCISCA DA CONCEIÇÃO, com 14 irmãos. Ingressei nas fileiras da gloriosa e amada Polícia Militar do Rio Grande do Norte no dia II-VII-MCMLXXX com o número 80412. Casei-me em XV-IX- MCMLXXXIII com a apodiense MARIA ELIETE BEZERRA (XXIII-VIII-MCMLXIII), pai de 5 filhos: PATRÍCIA ( NASCIDA A XVII - VIII - MCMLXXXIII FALECIDA EM VIII - XI - MCMLXXXV), JOTAEMESHON WHAKYSHON (I - X - MCMLXXXVI), JACKSHON (FALECIDO) E MARÍLIA JULLYETTH (XXIX - XI - MCMXC).Atualmente convivo com outra apodiense KELLY CRISTINA TORRES (XXVIII-X - MCMLXXVI), pai de JOTA JÚNIOR (XIV - VII - IMM). JÁ PUBLIQUEI TRÊS TRABALHOS: CHIQUINHO GERMANO -A ÚLTIMA LIDERANÇA DOS ANOS 60 DO SERTÃO POTIGUAR, COMARCA DE APODI EM REVISTA e A HISTÓRIA DA COMPANHIA DE POLÍCIA MILITAR DE APODI

JOTAEMESHON E JOTA JÚNIOR

CONHEÇA A HISTÓRIA DA PMRN,COM 210 LINKS

Minha lista de blogs